domingo, 3 de abril de 2016

Rádio Gospel IMUPD: OBRA SOCIAL IMUPD

Rádio Gospel IMUPD: OBRA SOCIAL IMUPD: Algumas obras sociais da nossa Igreja. Deseja nos ajudar, inclusive com doações pode contatar-nos: (41) 3082-0532



Defensor Público é assim!!!! Ah... Se todos fossem iguais ao senhor Dr. Daniel Macedo...
Daniel Macedo III
15 h
Palavras do Ministro da Ciência e Tecnologia e Informação Celso Pansera, nesta semana, sobre os primeiros resultados sobre a fosfoetanolamina e o caminho que deverá ser seguido.
“A gente tem certeza que não faz mal para o corpo Humano”.
“Como suplemento alimentar. Pode ser uma forma de se colocar a fosfo nas prateleiras das farmácias. ... E é o caminho que tendemos a seguir”
“Ela pode (fosfo) com os demais sais e componentes efetivamente ter uma ação benéfica”
“Posso dizer que o resultado até agora é satisfatório dentro daquilo que acho razoável”
Excelentíssimo Ministro gostaria de fazer algumas considerações. Foram gastos R$ 2.000.000,00 em quatro meses para dizer o que já sabíamos. Tudo bem! Em nome da segurança, boas práticas e necessidade de se comprovar cientificamente nem sempre as Agências reguladoras acompanham o dinamismo da ciência. Com isso muitas vidas são ceifadas.
Causa estranheza senhor Ministro, a tendência de liberação pela ANVISA de liberar a fosfo como suplemento alimentar, repentinamente. Não é difícil entender. Com isso eu diminuo a pressão sobre os órgãos encarregados de realizar a pesquisa, interrompo as pesquisas sorrateiramente, tiro os holofotes da imprensa, arrefeço os ânimos dos parlamentares e ainda saio de bonzinho com a sociedade civil. Como suplemento alimentar posso vender sem qualquer controle dos componentes, sem identificação do lote, controle de encapsulamento (pode ser que seja vendido em saquinho de sacolé) ao lado do açúcar mascavo no Mundo Verde
O que mais deixou-me perplexo é a pesquisa que fizestes para saber sobre o registro da fosfoetanolamina como suplemento alimentar. Não vai me causar estranheza que algum espertinho tenho realizado o depósito no INPI e na sequência algum laboratório ganancioso se arvore da fosfoetanolamina.
O senhor apenas não contava com pesquisadores que não abrem mão dos resultados em testes com vivos. Que não abrem mão de que a fosfoetanolamina seja um medicamento e não um suplemento alimentar. Que renunciaram quase vinte anos de suas vidas em benefício da ciência. Que não abrem mão de que a fosfo chegue ao mercado gratuitamente ou a baixo custo. Esqueceu senhor Ministro que aqui tem um Defensor Público que está acostumado com guerras diárias, assim como os meus pares, sem privilégios, verbas bilionárias, e que lutam contra um sistema tenebroso. Esquece que temos uma sociedade civil organizada com centenas de grupos discutindo a fosfo neste momento.
Liberar a pílula do câncer como suplemento é manobra além de banalizar todo o trabalho de pesquisa feito até hoje. Vocês não tem capacidade de fazer e atestar ciência?
Não iremos desistir de fazer o que é certo. Temos disposição para lutar, não duvide. Estaremos no Senado no próximo dia 5 de abril. Espero que venha com uma equipe de pesquisadores envergadura intelectual suficiente para rebater os argumentos do Dr. Gilberto e todos os demais pesquisadores titulares da patente.